Mensagens

A mostrar mensagens de junho, 2024

80% do trabalho não é trabalho

Sente. Respira. Pára. Vai devagar. Lembras-te? Estás há um ano a aprender a seguir devagar. Lembras-te como tudo muda quando te permites explorar o ritmo lento, subtil, feminino? O meu corpo lembra-se, reconhece, aceita e pede-me para me deixar ficar. Sentir primeiro. É sempre esse o primeiro passo. É sempre esse o passo que faz a total diferença. Vai para o corpo e sente. É aí nesse teu espaço seguro que habitam todas as respostas, é aí que se esconde a tua verdade. Cansada de estar escondida, faminta por se desnudar. Dá-lhe espaço. Abre-lhe o caminho para se revelar. Aceita. Aceita-te. Assume a tua inteireza e permanece nesse sentir onde és. Sem mais nada. Só tu e tu. Só tu e eu. Só este nós que somos tudo. Agora sim. Mais eu. Mais inteira. Cheguei a esta página em branco para falar de energia, a minha. Cheguei para falar do meu padrão do fazer fazer fazer. Vinha falar da sua toxicidade e quando dei por mim tinha sido apanhada na curva. Porque já estava a escrever exatamente a partir